sábado, 22 de dezembro de 2012

As polvilhadeiras de açúcar da marquesa

polvilhadeiras de açúcar da marquesa

Essas duas pequenas jóias fazem parte de um grande serviço de talheres em prata de punção tête de vieillard (em uso na França de 1819 a 1838) e vermeil que pertenceu à marquesa de Santos, célebre amante do nosso primeiro imperador Pedro I. Parte deste serviço (que certamente é um faqueiro de sobremesa) está exposto na mostra "A marquesa de Santos, uma mulher, um tempo, um lugar", no Solar da marquesa, ao centro de São Paulo. A exposição conta apenas com algumas poucas peças que realmente pertenceram à marquesa, mesmo o solar, pouco tem daquilo que era ao tempo de sua mais famosa moradora, mas vale a visita por contar com algumas peças que ilustram as arts de table do décimo nono século.
O faqueiro, que certamente foi a peça que mais me chamou atenção, é composto por 96 colheres de chá, 95 colheres, 95 facas com lâminas de vermeil, 95 garfos, 4 polvilhadeiras de açúcar, 8 colheres de bico arredondado e 4 pinças para açúcar. Podendo, não deixem de visitar o solar para vê-lo ao vivo ;)

Um comentário:

Karina Batista disse...

Dani, imagino o seu entusiasmo ao se deparar com essas peças.

Beijão,

mariacarambola.wordpress.com