segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Physalis, camapu, uchuva e outros nomes

physalis

Desculpem pela falta de novos posts, não ando tendo muito tempo nem motivação para escrever, já que tenho cozinhado muito pouco nos últimos dias. Este post não é propriamente com uma receita, é para contar uma coisa do meu cotidiano. Se lembram da Dona Conceição que eu havia comentado outro dia? Infelizmente ela não se adaptou aqui em casa, morava muito longe e penso que nao estava gostando de trabalhar aqui, na minha cozinha é tudo tão pesado, novamente estou sem empregada... No primeiro dia que ela veio aqui, viu na cozinha uma cestinha com physalis, ficou encantada e me disse: "Essa frutinha, eu conheço ela! Não via desde que vim do nordeste, se chama camapu, lá é bem comum e dá no meio do mato". Ela comeu uma e disse que aquelas que ela comia no nordeste eram melhores, mais doces, eu disse que aqui são relativamente caras, que vêm da Colômbia. Ela completou: "Ah, no nordeste somos ricos e não sabemos...". Achei engraçado, uma fruta que é comum no nordeste, só passou a ser conhecida aqui no sudeste há pouco tempo, e mesmo a que encontramos aqui, vem de outro país... Dá pra entender?
Bom, este post também serve pra lembrar desta receita aqui: Clafoutis de physalis, que penso ser minha melhor receita com physalis. Quando fiz pela primeira vez, pensei estar criando algo totalmente novo, substituindo as cerejas da receita do clafoutis por essa frutinha exótica e deliciosa, pouco depois de preparar, busquei no google e encontrei um site com receita de clafoutis de physalis, com fotos e tudo hehehehe. É, hoje em dia é bem difícil criar algo...

7 comentários:

Luciana disse...

Oi Daniel,

Sou freqüentadora assídua porém nunca comentei em seu blog... e para falar a verdade, nenhum dos quais eu visito.
Bom, resolvi escrever porque admiro sua dedicação e carinho com todas as suas obras culinárias.
E quando mencionou a physalis não me contive. Porque o cultivo dela é bem simples, só requer um pouco de espaço, pois parece um arbusto quando grande. Sei disso porque há muito tempo atrás, eu a conheci num sacolão e levei para o meu pai, que mora no litoral sul e tem bastante espaço em casa para plantar frutas e outros alimentos diferentes que encontro. É isso.
Sucesso sempre!!!

Elvira disse...

O nome mais bonito para physalis é em francês: "amour en cage". :-)

marcos piva disse...

uma docura!
;-)

Ana Elisa disse...

Oi, Daniel,

Adorei seus textos, suas fotos, suas receitas. Sempre caio de paraquedas nos blogs, mas neste aqui vou ficar, com certeza.
Quanto a criar algo novo, acho que podemos nos contentar em criar nossas próprias versões das coisas, pois de fato, acho que tudo já foi feito. Mas o fato de outra pessoa ter tido a mesma idéia do outro lado do mundo não tira seu mérito criativo!
Parabéns novamente!
Abraços,
Ana Elisa.

Anônimo disse...

OI! EU SOU NATURAL DOS AÇORES PORTUGAL E AQUI TEMOS ESSE FRUTO EM ABUNDANCIA PELOS CAMPOS MAS CHAMAMOS DE TOMATE DE CAPUCHO!NÃO SE O PORQUÊ. ESTE FRUTO PREENCHE AS MEMORIAS DA MINHA INFANCIA. GOSTEI DE SABER QUE É APRECIADO EM OUTROS CANTOS DO MUNDO!

Taynã Azevedo disse...

Olá, estava pesquisando o Camapu, frutinha de minha infância em Belém do Pará,Norte do Brasil, e caí aqui! Queria dizer que apesar de achar ela linda, não suporto o gosto...já minha mãe adora! Que fantástica a diversidade humana em todos os aspectos não?
Abraço e tudo de bom
Taynã Azevedo

mara helena disse...

Assim como Taynã, também estava pesquisando sobre esta fruta e acabei encontrando este site. Camapu ! Esta fruta lembra minha infância, pois era só acabar os deveres de casa e da escola que eu me embrenhava nos matos a procura delas, isso lá em Belém do Pará, saudades desses tempos.