quarta-feira, 23 de junho de 2010

consommé com massas imperiais

comsommé com massas imperiais

Sissi e Franz Joseph vêm para o almoço? Oh, nem pense em servir o caldo de bifes crus prensados, ou qualquer outra coisa esquisita ao gosto de Sissi. Como entrada, este rico consommé irá agradar a todos.
Brincadeiras à parte, consommé é um caldo livre de impurezas, bem leve, transparente e saboroso, pretendo falar melhor sobre ele num próximo post. As massas imperiais, receita austríaca, são como pequenas esponjinhas, bem macias que absorvem rápido o sabor do consommé. A receita é adaptada do livro Larousse da cozinha do mundo - Europa e Escandinávia.


Um trevo na colher

Massas imperiais

2 ovos
40g de manteiga em temperatura ambiente
2 colheres de sopa de leite
55g de farinha de trigo
sal

Pré-aqueça o forno a 160°C.
Separe as claras das gemas, bata as claras em ponto de neve firme e reserve.
Com uma colher de pau, bata bem a manteiga, até que fique cremosa e em consistência de pomada, junte uma gema, bata bem, junte a outra gema, o leite e a farinha, misturando tudo muito bem. Junte à mistura as claras em neve que estavam reservadas, e incorpore delicadamente à massa, com cuidado, para que as claras não se quebrem. Unte uma travessa refratária com manteiga e espalhe a massa de forma que fique com cerca de 1cm de espessura. Leve ao forno e asse por cerca de 30 minutos. Corte em losangos ou formas ao seu gosto. Eu usei cortadores de aspic em formatos variados. Só adicione ao consommé na hora de servir.
Me rendeu cerca de 26 massinhas já cortadas.

acabou-se

9 comentários:

Simony disse...

Linda sopa! Parece bem leve ne?
Faz uma p/ mim??!!
bjs

Fer Guimaraes Rosa disse...

hahaha! que post mais fofo, Daniel! e as fotos estão tão lindas. beijao,

Kris Nardini disse...

Dani,você sempre arrasa!
Sou apaixonada por essas suas forminhas!

Daniel Figueiredo disse...

Gostou? Também adoro elas, são 10 cortadores em vários formatos, os mesmos que usei naqueles biscoitos com naipes de cartas. Vieram numa latinha e foi presente da Simony, esta de alguns comentários acima. Ela mandou pra mim dos EUA :)

sil disse...

Hey Daniel, lindas massinhas...amei.Voce teria por acaso uma receita boa de arroz de braga?Thanks:)

Sandreane disse...

Oi Dani,
O consommé ficou com um aspecto maravilhoso :) E as massinhas então? Um charme a parte.
Amei!

Gabriel Leicand disse...

Ficou ótimo, hein!?
Eu tenho um amigo que em uma prova de habilidades básicas na faculdade de gastronomia, muito tempo atrás, teve que fazer um consommé. Deu tudo errado. Saiu escuro, nada translúcido. Nota zero.
Desde então, sempre que alguém pergunta pra ele se alguma coisa ficou clara (se ele entendeu) ele responde: "clara como meu consommé"!

Chantal disse...

Um charme ! Requintado, delicado, sofisticado, um luxo! Enfim, este caldo é a sua cara! Beijos

jorge pandeirada disse...

Olá passei por aqui e gostei deste blogue. Tens alguma receita de consommé que tenhas experimentado e me possas recomendar. É que a minha primeira experiência não me agradou.