segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

omelette com queijo azul

quebrando os ovos

O ditado diz que não se faz uma omelette sem antes quebrar os ovos, então vamos lá. Dois ovos bonitos e frescos, caipiras de preferência, quebre-os numa pequena tigela, um pouco de pimenta moída, um pedaço de queijo azul francês (não muito, pois é forte), um pouco de sal. Bata tudo usando um garfo, verta a mistura para uma frigideira já quente, com um pedaço de manteiga derretida, óleo de oliva ou algum outro óleo vegetal. Conforme vai fritando, puxe a borda para o centro, deixando que a mistura de ovos escorra e forme uma nova borda. Se gosta com o centro ainda ligeiramente mole, quando para de escorrer, dobre-o e sirva, caso prefira mais cozido, vire-o e deixe mais tempo no fogo.
Para o café da manhã pode servir puro, ou com um pedaço de pão, para o almoço, uma salada e um pedaço de pão acompanhando vão bem, a minha salada era de folhas de radicchio, com seu amarguinho, acompanhadas de tomatinhos, com sua doçura.
Não perdi mais de 10 minutos na cozinha e não estava nada mau ;)

omelette com queijo azul

16 comentários:

Marina Mott disse...

Devia mesmo estar ótima!!
Ainda mais neste prato divino (parece ser vista alegre. é?)
Simples e belo post!

Chazzinho disse...

...menino!
Precisa se alimentar melhor!
E os carboidratos?!
Já sei,.. ovos pra ficar fortinho, albumina.

Daniel Figueiredo disse...

Marina, é sim, modelo Salina da VA.
Chazzinho, carboidratos só fazem engordar hehehe.

Bergamo disse...

Apenas tenham cuidado, pois sem carboidratos nosso organismo acaba queimando nossa massa proteica. Daí, adeus músculos.
Tudo é uma questão de equilíbrio, e até a maldita gordura deve estar presente em nossa alimentação, apenas devemos fazer as escolhas certas (coisa nada fácil, por sinal, principalmente para os bons de garfo...rsrs).
Abraços,
Bergamo

Daniel Figueiredo disse...

Eu não quero músculos, eu quero ser magro!

Adri disse...

tudo que eu gosto mto eu evito ao máximo: biscoitos e omeletes estão no topo da lista. mas mesmo assim, não resisto!
boa dica.. mas eu prefiro aquela do ovo poche!

Chazzinho disse...

Verdade Bergamo,é mais ou menos isso que estava tentando dizer.

Daniel, nada contra músculos, só pensando numa alimentação mais equilibrada mesmo,e foi só brincadeira viu!Eu tb não me alimento como deveria, mas tento ehehehe.
Abraços

Bergamo disse...

Estou bem chato hoje, mas ter músculos não significa ser forte, marombado; ser magro não quer dizer que não temos músculos...rsrs...estou tentando falar sobre equilíbrio, e não sobre hipertrofia.
Abraços,
Bergamo

Nane Cabral disse...

Omelete salva né? rápido de fazer e dependendo dos ingredientes e criatividade, fica um luxo. Bjos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com

Regina disse...

Receita maravilhosa!

lívia disse...

queijo azul???? adorei!!
hahhahahahha

Daniel Figueiredo disse...

Queijos azuis são aqueles queijos com veios azulados, como o gorgonzola, o roquefort e tantos outros.

Chazzinho disse...

Daniel, o que vc acha dos queijos azuis produzidos no Brasil?Já provou?

Daniel Figueiredo disse...

Já provei sim, claro, às vezes compro queijo "tipo gorgonzola" pra usar no creme de abóbora, não fica mal. Mas os importados ainda são melhores, porém mais caros. Falando em queijos, tô pra falar de uma porcariazinha gostosa que eu descobri... Deixa pra um próximo post.

Chazz disse...

O que será?!

Gabriel Dias. disse...

Gosto muito de fazer omelete com três ovos, um queijo de sabor pouco marcante, como um gruyère ou mesmo o muçarela, acompanhado de uma salada de alface temperada com sal, bastante azeite, pimenta preta e aceto balsâmico... Delícia!