segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

pescada de duas formas

papinha

Não sei qual das formas é mais simples. Na foto acima, simplesmente sequei bem (com uma folha de papel toalha) o filé de pescada, espremi algumas gotas de sumo de limão, um pouquinho de pimenta branca, passei por farinha de trigo e fritei em óleo vegetal já quente, temperei com sal depois de frito. Servi com estas batatas que já são um clássico aqui em casa, primeiro cozidas em água (sem cozer demais, antes de ficarem muito macias), depois assadas com bastante azeite, alguns ramos de alecrim e alguns dentes de alho. Ah, teve uma salada também, que servi junto mesmo, hehehe como num "PF".

peixe antes

Já nesta foto, fiz en papillote, com o que encontrei na geladeira. Sobre uma folha de papel vegetal coloquei tirinhas alho-poró, cenoura também em tirinhas, alguns tomatinhos, ramos de alecrim, um pouco de vinho branco e um pouco de sumo de limão, temperei com sal e pimenta, fechei bem o papillote (molhando as bordas para selar bem) e levei ao forno.

peixe en papillote

Na hora de servir é uma delícia furar o papillote com a ponta da faca, então abrir e sentir o cheiro de peixe assado. E o melhor, ambas as formas de preparo sujam pouca louça, são fáceis de preparar e também bem rápidas!

4 comentários:

Adri disse...

a segunda opção é mais light... heheheh...

eu tmb tenho mania de batatas assim: primeiro cozidas, depois fritas. eu aprendi com minha tia a misturar tudo - as batatas, água e óleo (pouca água e bastante óleo). as batatas ficam cozidas e coradas. nunca fiz com azeite com alecrim... deve dar um toque especial! qlqr dia experimento!

bj =*

Elizabeth disse...

Comida saudável
Parabéns
Elizabeth

Cariño disse...

Tes unhas receitas moi saludables e moi ricas. Enhoraboa dende Galicia.

clau disse...

...sinto falta de pescada, que nao tem por aqui!
E ver este seu belo filet, sò me fez lembrar das "minhas pescadinhas", que eu nao saboreio ja ha tanto tempo...!
Bjs!