sábado, 8 de março de 2008

purê de feijão branco

purê de feijão branco

Vendo essa pasta sobre a fatia de pão italiano, não parece algo muito atraente, mas não têm idéia do quão gostoso é.
Pode servir sobre torradas, pão-italiano ou então passar no pão e levar ao forno por cerca de 10 minutos, para que fique dourado. A receita é do livro "sabores da Toscana" editora Könemann.

Purê de feijão branco

175g de feijões cannellini secos, demolhados durante a noite
3 xícaras de água fria
1 colher de sopa de polpa de tomate
sal
1 colher de chá de alho picado fresco
1 colher de alecrim fresco finamente picado
azeite extra-virgem
¾ de xícara de brodo* quente
sumo de ½ limão
pimenta preta moída de fresco

Enxague os feijões demolhados, depois coloque-os numa caçarola grande com a água e junte a polpa de tomate e uma pitada ínfima de sal. Leve a ferver, depois baixe o fogo e cozinhe, destampado, durante 2 horas. Os feijões devem estar cobertos com água durante as primeiras 1 ½ horas. Quando os feijões estiverem tenros quase toda a água já deve ter sido absorvida. Transforme em pasta usando o processador de alimentos (preferi usar o passe-vite pois separa parte da pele dos feijões).
Salteie o alho e o alecrim num pouco de azeite. Junte o purê e misture bem. Junte o caldo quente e cozinhe mexendo, em fogo baixo, até que seja completamente absorvido. O purê deve estar agora homogêneo, espesso e brilhante. Junte mais azeite, sumo de limão, sal e pimenta a gosto. O purê se mantém bem, refrigerado, num recipiente tapado, durante vários dias.

*Brodo é o caldo italiano, geralmente é feito com sobras e ingredientes disponíveis, pode ser feito cozinhando em água ossos de bovino, de aves e a base são sempre os legumes, cenoura, salsão, alho-poró, cebola e também um bouquet de ervas. Não precisa deixar reduzir muito. Se não tem muita paciência para os caldos caseiros, pode diluir em cubinho de caldo industrializado em um pouco de água, mas lembrando que eles já contém uma grande quantidade de sal, então cuidado na hora de acertar o sal!

8 comentários:

Leila disse...

Eu nao gosto de feijao branco mas esse pure parece estar bem gostoso mesmo.
beijinhos

Silvia Arruda disse...

Nunca comi purê de feijão branco. Esta receita me chamou atenção, pois gosto de todo tipo de feijão. Você que dá certo fazer esta receita com o feijão branco em conserva?

Diogo disse...

Eu não duvido mesmo. Adoro esses foies!!

Com umas torradinhas e um vinhozinho tinto, nossa!!

Abração

Gourmandise disse...

Eu comia isso qdo ia nas férias de inverno para a casa da nonna do meu primo! Que delícia, havia me esquecido que isso existia!
bjo,
Nina.

Mchel disse...

A editora Konemann tem livros fabulosos.

Rosane Vargas disse...

Gosto de todos os tipos de feijão, mas nunca experimentei usá-los em um patê. Coincidentemente, hoje vi em um livro da coleção Grande Cozinha, da Abril, um patê de feijão azuki.
abs

Receitas Miriam Gonzalez disse...

Q Maravilha de receita adorei e vou fazer com certeza,parab´nes pelo blog, Parabéns por tanto capricho, da gosto passar or aqui.
bjs

Adri disse...

nhaaaaaaaaa... minha mãe adora! eu nao gosto mto. prefiro a fejoada branca que ela faz...