sexta-feira, 5 de junho de 2009

palmiers

chá da tarde

200g de massa folheada comprada já pronta (eu costumo usar a da Arosa), cerca de 150g de açúcar cristal, enrolar, cortar, assar. Eis que a mágica acontece, palmiers para o chá!
O nome destes biscoitos quer dizer palmeira, se prestarem bem atenção, no centro de cada um deles irão mesmo ver uma forma que lembra uma palmeira.

9 comentários:

mirella disse...

sempre achei que parecesse uma orelha.

Adri disse...

atoooooooooooron!

Bruna maria disse...

Muito bommmmmmm!!

casa di minas disse...

A Casa Di Minas está de portas abertas. Lá você vai encontrar receitinhas da deliciosa comida mineira, vai ver dicas de lugares incríveis nas belas montanhas e vai também poder comprar lindos teares feitos pelas mãos habilidosas das artesãs mineiras.
Venha nos visitar!!!!

Pedro disse...

Muito curioso o comentário da Mirella,pois ela acha o "Palmier" parecido com uma orelha.Saiba Mirella, que em alguns países estes biscoitos são chamados exatamente de orelha: "Orelha de Elefante ou "Orelha de Macaco".

Pedro disse...

Palmiers...biscoitinhos simpáticos,deliciosos,crocantes,que conquistam olhares quando passam elegantemente em uma bandeja.
Nunca fiz,e nem pretendo fazer,pois aqui, bem pertinho da minha casa,existe uma fábrica caseira de biscoitos,onde por mais de 50 anos,produzem e distribuem(inclusive para a Confeitaria Colombo!)os melhores amanteigados do Rio de Janeiro,e o Palmier reina absoluto.

Cecília disse...

Oi, Daniel. Tudo bem? Sou a Cecília e trabalho na Edelman, que é a agência de comunicação da Jorge Zahar Editor. A editora acaba de lançar um livro que acho que você vai gostar de conhecer, o "Elementos da Culinária de A a Z", que é um glossário gastronômico e um guia de dicas de como se aperfeiçoar na arte da culinária. Se quiser saber mais, aqui vai o link do livro - http://www.zahar.com.br/catalogo_detalhe.asp?id=1233
Um abraço,
Cecília

Rosane disse...

Pedro, não precisa ir a outro país para encontrar o nome "orelha de macaco". Moro em Porto Alegre e, quando pequena, nem sabia do nome palmier.
bj

Pedro disse...

Rosane,obrigado pela informação,em minha próxima visita a Porto Alegre,irei degustar uma "orelha de macaco".
Adoro POA,tenho amigos maravilhosos nesta cidade e a cada visita que faço,meu coração transborda de felicidade,mesmo ficando hospedado no bairro Tristeza.
bjs