quarta-feira, 24 de junho de 2009

Tutano assado com flor de sal

Uma coisa que eu queria fazer já tem algum tempo, nem todos gostam e não serve pra quem está de dieta (hehehe). Encontrei esta receita aqui, em francês, com a ajuda da minha amiga Chantal.

Os à moelle grillés à la fleur de sel

Tutano assado com flor de sal

4 ossos de tutano bovino
flor de sal (de preferência a de Guérande)
pão grelhado
salada verde*

Polvilhe flor de sal sobre os ossos e coloque-os sobre uma travessa refratária.
Pré-aqueça o forno a 230° e leve os ossos a assarem por 20 a 25 minutos.
O sal antes do cozimento impede que o tutano vaze na travessa enquanto os ossos estiverem no forno.
Sirva com o pão grelhado e a salada verde*

*Para a salada usei salsa picada, a parte branca de 1 cebolinha e alcaparras.

marrow spoon

Uma curiosidade, a colher para tutano começou a ser mais utilizadas durante a regência da rainha Ana I, da Grã-Bretanha e Irlanda (início do século XVIII), na época, o tutano era uma iguaria bastante popular, já a carne, era considerada um luxo que somente os ricos podiam consumir regularmente. Para retirar o tutano do osso pode se usar tanto a concha, que é bastante estreita, quanto o cabo, ainda mais estreito. A minha, de prata inglesa, foi fabricada em Londres no ano de 1824 é bastante eficiente ainda nos dias de hoje :)

10 comentários:

Regina disse...

Que barbaro esse prato...
Vou tentar fazer.

Bruna maria disse...

Vc é excelente no que faz, aprecio bastante seu refinamento, e colesterol vai lá pra cima,mas vale o sacrificio,mais uma vez parabéns!!

mariacarambola disse...

Oi querida, você tem uma boa coleção. Eu nem poderia imaginar a existência de um talher pra isso. Bjos

Anônimo disse...

Daniel, o que vem a ser a flor de sal?? é um tipo de sal, ou tem alguma diferença mais significativa??

Daniel Figueiredo disse...

Flor de sal é o sal fino que se forma na superfície das salinas, de forma natural, sob a ação da água e vento, a estrutura dos cristais é diferente do sal comum, refinado. Por isso o ideal é sempre usá-lo onde os cristais não sejam dissolvidos.

Pedro disse...

Atravez do talento fotográfico do Daniel,temos a noção exata de como fica a apresentação do prato.
Muito requinte neste "Tutano assado com flor de sal",servido em talher próprio,de fabricação inglesa(prata de Lei-1824)...incrível !
Concordo com a Regina,quando ela diz que é prato é bárbaro,porém discordo da Bruna,já que o tutano não eleva o colesterol.Aquele aspecto "gorduroso"nada mais é do que o puro colágeno,tecido riquíssimo em proteina(fibras colágenas),sendo a matéria prima da gelatina comestível e de inúmeros produtos cosméticos,portanto,comam muito tutano,ou gelatina,pois o colágeno ajuda a "segurar" a sua pele.
Na verdade,este prato,além de saboroso é essencialmente nutritivo,pois o outro ingrediente,a flor de sal,contém inúmeros micronutrientes,sendo uma fonte natural de ferro,zinco,cálcio,fluor,potássio,
cobre.........!
Querem combater os radicais livres????
Querem rejuvenescer a cútis e os cabelos???
Comam tutano assado com flor de sal,de preferência preparado pelo Dani !

Anônimo disse...

Obrigado pela resposta Daniel!!!

Pedro disse...

Desculpem-me pelo "atravez",por favor,leiam "através"

Chantal disse...

DANI
Pensei em vc outro dia : Fui comemorar o aniversario do meu esposo no restaurante do Fasano. Eu pedi OSSO BUCO. Recebi então uma colher especial para retirar o tutano. De um lado havia o formato meio colher e do outro havia algo pontudo para soltar o tutano.
Deliciaaaaaaaaaa

:)

.

Anônimo disse...

Daniel, "flor de sal" seria o "sel du cave"? Vc sabe francês?