sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Arroz-doce

arroz-doce

No começo do século XIX (por volta de 1816 a 1831), o artista francês Jean-Baptiste Debret em sua obra "Voyage pittoresque et historique au Brésil" narrou, não só nas aquarelas, mas também em textos, como eram os costumes dos brasileiros na época, por exemplo como eram as refeições, e claro, também as sobremesas: "como sobremesa, o doce de arroz frio, excessivamente salpicado de canela, o queijo de Minas, e mais recentemente, diversas espécies de queijos holandeses e ingleses; as laranjas tornam a aparecer com as outras frutas do país; ananases, maracujás, pitangas, melancias, jambos, jabuticabas, mangas, cajás, fruta do conde etc."...
O texto (que encontrei no interessantíssimo site do museu da casa brasileira) faz parte do arquivo Ernani Silva Bruno, que trás referências biográficas dos costumes brasileiros nos séculos passados. Tal texto mostra como o arroz-doce é popular aqui no Brasil há muito tempo.
Ganhei ontem da minha amiga Adriana de Oliveira uma revista sobre a cozinha mineira e lá estava uma receita de arroz-doce, tal qual eu queria, sem leite condensado, fiz algumas mudanças e vou publicar agora a receita exatamente como eu fiz.

arroz-doce

Arroz-doce

1 xícara de chá de arroz
1 litro de leite
200g de açúcar
1 pitada de sal
casca de um limão-siciliano
casca de meia laranja-bahia
canela em pó para polvilhar

Lave e escorra o arroz até que a água saia transparente. Leve a uma panela com um litro de água e conte 5 minutos depois que começar a ferver, escorra, lave novamente e reserve.
Leve o leite e o açúcar a uma panela e em fogo baixo mexa até começar a ferver, com cuidado para o leite não vazar. Junte as cascas de cítricos, o sal e o arroz pré-cozido, e mexa sempre, no fogo baixo, até engrossar. Transfira para uma travessa de servir e polvilhe com canela em pó.
Sirva frio ou gelado.

Uma pequena dica, prefira a canela em pau e rale-a na hora, é melhor que a já comprada em pó, acreditem!

7 comentários:

Adri disse...

mmmmmmmmmmmm... ADORO arroz-doce... é uma coisa bem nossa, bem de minas!
q bom q vc gosta e q eu acertei seu gosto na mosca!
beijos e bom fim de semana!

Daniel Figueiredo disse...

Não só Minas viu Adri, no Brasil todo.

Nika disse...

Verdade! Veja bem, eu sou do estado do Rio e aqui todos amam arroz doce, geralmente quem não gosta é quem nunca provou. Acho o fim as pessoas rejeitarem determinadas comidas sem antes experimenta-las. A receita da minha avó é +ou- parecida com esta, na verdade é receita da bisa...

Pedro disse...

"Cheiro de arroz cor de leite,
salpicado com canela,
gosto de cravo, pau de canela
um doce manjar dos deuses
para todos os prazeres,
para dar água na boca,
sentir vontade e voltar

arroz doce com canela,
nesta vida passageira
esperarei por cem anos
mais que isso se preciso,
retornarás bem cremoso,
cheiro de arroz cor de leite
salpicado com canela"

Líria Porto

Pedro disse...

Dani,vamos publicar um livro?
Receitas,fotografias&poesias

Carol disse...

Doce preferido do maridão!! Adoro também!! Bjs

César Ferro disse...

"Doce, doce, doce
A vida é um doce
Vida é mel
Que escorre da boca feito um doce
Pedaço do céu"
Nem sei..mas essa música me veio a cabeça neste momento.. Deve ser porque te vejo sempre assim ..brincando com as panelas..

beijoka