segunda-feira, 31 de agosto de 2009

chá verde novo do Japão

(Referindo-se ao chá importado de Liverpool)
"[...] este é servido como artigo de luxo nas festas de batizado ou de casamento. A princípio essa gente não sabia como prepará-lo, pois costumava cozinhá-lo numa panela, misturado com açúcar bruto, mexendo-o com uma colher."
1850
Tefé, Amazonas BATES, Henry Walter. O Naturalista no Rio Amazonas (1850-1859).

Hehehe, outro texto divertido sobre os brasileiros do século XIX, retirado do arquivo Ernani Silva Bruno, e por incrível que pareça, muita gente ainda prepara o chá assim, fervendo a erva ou saquinhos junto à água, para "fazer render mais"...

chá verde japonês

Já este, não é de Liverpool, e sim do Japão. Emiko me fez uma surpresa enviando mais um chá, desta vez um japonês, produzido na região onde ela vive, Kumamoto. É um chá verde, realmente verde e fresco, veio num belo envelope azul com frisos dourados e ideogramas, dentro dele, uma embalagem prateada selada a vacuo e com mais outros ideogramas. Preparei como de costume, escaldei o bule, 3 colheres de chá da erva e cerca de 650ml de água bem quente, mas não fervente. O tempo de infusão ideal é de 90 segundos a 2 minutos no máximo. O tomei sem açúcar, é de um aroma realmente verde e fresco, tão fresco quanto a primavera que está logo a chegar :)

chá verde japonês

3 comentários:

Pedro disse...

Dani,que presente maravilhoso você recebeu do Japão...Você é muito querido!
Compro o meu chá verde,aqui no Rio mesmo,em lojas de produtos naturais e eventualmente em super-mercados.Obviamente produto nacional!
Criei o hábito de tomar uma xícara de chá verde,após o almoço,visando os efeitos benéficos:facilita a digestão das gorduras,a absorção de micronutrientes e principalmente pela quantidade significativa de antioxidantes presentes neste chá.
Abraços!

Chazzinho disse...

Esses chás são ótimos.Minha mãe recebe pelo correio a cada ano, enviado pela sogra ou minha tia.Não é ciúme não, é vero!
Algo como "eu tb teeenho", rsrsrsrs.

Chazzinho disse...

...só não tem esse mis- en- scène/place caprichado.